segunda-feira, 12 de setembro de 2011

AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DO PASSE EM ATLETAS DE FUTEBOL FEMININO DA EQUIPE DO ESPORTE CLUBE JUVENTUDE.


AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DO PASSE EM ATLETAS DE FUTEBOL FEMININO DA EQUIPE DO ESPORTE CLUBE JUVENTUDE
.
Monografia submetida ao Curso de Educação Física da universidade Luterana do Brasil, como requisito parcial para obtenção do grau de licenciatura. Orientador: Prof. M.S. Daniel Ricardo Kruse. Banca examinadora: Prof. M. S. Francisco José Tavares; Prof. D. R. Cintia Freitas.
Canoas, 30 de novembro 2005.
Resumo: O presente estudo foi realizado com a equipe de futebol feminino do esporte Clube Juventude, com a finalidade de avaliar o fundamento, passe na sua precisão. O estudo, caracterizado como uma investigação descritiva, utilizou testes específicos encontrados na literatura de Viana e Pinto, 1991,1992 e 1993, aplicados com o objetivo de mensurar o desempenho dessas atletas no passe. Foram realizados quatro testes, com objetivo de verificar a precisão do jogador que atingi-se setores pré-estabelecidos, precisão no passe de longa distancia, precisão no passe em diferentes distancias, precisão no passe rasteiro em diferentes distâncias e precisão no passe, em distâncias variadas e em movimento. Foram testadas dez atletas, sendo cinco da equipe juvenil, que ocupam diferentes posições táticas dentro da equipe. Os resultados da aplicação dos testes levaram a avaliar o desempenho das atletas, quanto a precisão no passe, nos três primeiros testes como fraco, no terceiro como regular. Dos 280 passes executados durante os testes, 184 (62,14%) foram passes imprecisos. Conclui-se, assim, os fatores que influenciaram na imprecisão dos passes estão relacionados ao direcionamento dado a bola, posição do corpo, posição do pé de apoio e a força aplicada ao tocá-la no momento da execução de passe e que um trabalho técnico dirigido para aperfeiçoar, melhorar os pontos fortes na execução desse fundamento deve ser efetivado. O teste com as meninas teve um índice fraco. Podemos levar em consideração a falta de treinamento de base, porque para o futebol feminino, não existem escolinhas ou um treinamento de iniciação desportiva dentro dos clubes, até mesmo a falta de profissionais qualificados para trabalhar as necessidades básicas que aqui foram encontradas. Trabalhando estas valências desperdiçamos menos energia ao realizarmos as atividades obtendo um melhor aproveitamento com o mínimo de esforço. Mas sabe-se que o futebol feminino deve ser trabalhado de forma diferenciada e, a falta de estudos e material cientifico especifico. A baixa remuneração e, consecutivamente, valorização do profissional técnico ou profissional atleta, ficam a espera de um lugar de prestigio no mercado.
Palavras Chaves: Avaliação, Passe, Feminino.

                                                                                       Contato: (51) 81574976 tim
                                                                                           jaquefiore@hotmail.com

                              

Nenhum comentário:

Postar um comentário

3ª RODADA METROPOLITANO DE FUTSAL 2017

CRAQUE 10 X SOCCERS Mais um domingo de jogos, gols, torcida e medalhas....Hoje o importante foi o comprometimento da equipe da escola C...